Carta aos Colaboradores e Parceiros

Caríssima comunidade de colaboradores do Laboratório da Cidade,

2018 está acabando e nós gostaríamos de fazer uma breve retrospectiva deste ano incrível.

Começamos em dezembro de 2017, quando um grupo de voluntários, despretensiosamente se reuniu para tratar de dois assuntos, escrever um projeto para buscar recursos, ainda sem saber ao certo onde, e desenhar uma metodologia para explorar a cidade de Belém. Mais tarde o projeto acabou sendo submetido ao #casacidades e nós ganhamos, já a metodologia, se chamou #teenxergabelem e teve sua primeira edição ainda em dezembro.

Em janeiro realizamos a segunda edição do #teenxergabelem e o evento “Psicologia, Cidade e Cidadão: Construindo Interações” com o Psicólogo Hernando Borges, onde discutimos como o ambiente urbano influencia em nosso comportamento.

Em abril iniciamos nossa parceria com o Circular Campina Cidade Velha ali na Felix Rocque, chamamos o Caruanas para fazer o primeiro circular pelas águas, nossos amigos do Belém Photos para explorar a cidade e o músico Marcel Barreto, que embalou nosso pôr-do-sol na beira do rio.

Em maio trouxemos a incrível Joice Berth, para o evento “Cidade Plural”, onde discutimos o direito à cidade, feminismo e racismo.

Em junho teve a exibição do Chega de Fiu Fiu, filme sobre mobilidade urbana e mulheres, teve também a nossa segunda participação no Circular, com a intervenção do Largo de São João, que teve a parceria dos queridos do Bike Anjo Belém, especialmente ao grupo Pedala Mana e a parceria do Verde Cidadão e Associação dos Micro Empreendedores Da Passagem Do Carmo.

Em julho a Jade, representando o CIURB, e o Lucas, representando o Laboratório da Cidade, participaram do encontro de capacitação do Casa Cidades, quando conhecemos 158 projetos incríveis de todo o país, um momento de crescimento e partilha que nunca esqueceremos. Foi também uma oportunidade de reunir organizações que lutam por uma cidade mais humana, como o COURB, o Massapê, Palete Parque, A Cidade Precisa de Você e muitos outros, uma rede nacional de ativistas pelo direito à uma outra cidade.

Em agosto teve o nosso terceiro circular, parceria mais que especial do Fórum Landi e das Pyladies Belém.

Outubro teve parceria com o Elephant Coworking que recebeu o evento “Mobilidade e Comportamento: Impactos de uma Cidade Pensada Para Pessoas” com os queridos Miguel Abdala e Gerôncio Oliveira, direto de Fortaleza.

Em novembro apresentamos o “Lab” para o Prefeito e seu secretariado. Fizemos uma nova chamada de voluntários que ajudaram a pensar atividades para a ruas de lazer em parceria com a SEJEL. Terminamos o mês em Fortaleza, no terceiro Encontro Nacional de Urbanismo Colaborativo, conhecemos pessoas e projetos incríveis, difícil lembrar de todos, não vamos nem arriscar, obrigado, COURB, por proporcionar esse encontro!

Dezembro foi especial, fizemos nossa quarta intervenção no Circular, a primeira em parceria com o CIURB, que tem recursos do Casa Cidades, a terceira parceria com o Bike Anjo Belém e o Verde Cidadão que também tem recursos do Casa Cidades. Terminamos com a grandiosa apresentação da Marcella Arruda, diretora de projetos do A Cidade Precisa de Você, que falou sobre a experiência do largo do batata e o movimento “A Batata Precisa de Você”, que transformou um espaço público com pouco dinheiro, ações concretas e muita participação da comunidade.

Ufa, muita coisa aconteceu esse ano, tem tanta coisa que provavelmente esquecemos algumas, o que não da pra esquecer é das novas amizades que o Lab ajudou a criar e de como essa família cresceu rápido. Cada atividade nos aproximou de um voluntario novo e nos encheu de alegria. Gostaríamos de agradecer à todos os colaboradores e parceiros do Lab, nada disso seria possível sem a criatividade (laboratório) e participação (da cidade) de cada um de vocês!

Gostaríamos também de avisar que 2019 está cheio de atividades, temos nossas sessões de cinema na rua, nossas intervenções no circular, oficinas e palestras, tem a nossa sede novinha, em frente à Praça do Carmo (com agradecimentos espaciais à FAU e ao Fórum Landi) e com a sede, vem a decisão e dever de adotar a Cidade Velha, na constante busca por essa cidade mais humana, democrática, resiliente e sustentável que todos queremos.

Desejamos à família Laboratório da Cidade um próspero ano novo!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s